Corrente Aussie - Centro de Estética Supreme

Tratamentos

Estética Corporal >> Corrente Aussie

Corrente Aussie

O que é Corrente Aussie

A corrente aussie é um estímulo elétrico usado para produzir uma contração muscular no local em que ele é aplicado. Com isso, pode haver melhora no tônus muscular e na flacidez da pele, além de estimular a circulação sanguínea e linfática e a oxigenação celular, trazendo bons resultados para a celulite. Mas, inicialmente ela foi utilizada para fins terapêuticos. Esta tecnologia foi desenvolvida por um professor da Austrália, o que justifica seu nome: "aussie?" é um termo coloquial em inglês para australiano.

Outros nomes

Corrente Australiana

Indicações da Corrente Aussie

Por ter efeitos na estimulação neuromuscular, a corrente aussie é indicada para tratamentos de tonificação muscular, combate à flacidez e redução de medidas. Além disso, ela atua estimulando a circulação local (seja sanguínea ou linfática), sendo muito útil para tratamentos contra a celulite.

Os fins terapêuticos da corrente aussie envolvem relaxamento muscular, redução de edemas e do desconforto pós-operatório, recuperação da função muscula e combate à dor.

Como é feita Corrente Aussie

A corrente deve ser aplicada no local que se pretende trabalhar, que pode ser o abdômen, coxas ou glúteos. Para conduzir a corrente aussie, utilizam-se eletrodos condutores de borracha de silicone onde previamente se colocou um gel neutro para facilitar a condutividade da corrente, que são posicionados nas inserções dos músculos que serão estimulados. Eles são presos com uma cinta elástica para aumentar a fixação.

A corrente aussie é uma corrente alternada, e trabalha excitando os nervos e provocando contrações musculares. Por isso, o profissional que aplica essa corrente sabe que está funcionando quando observa a contração do músculo. A frequência varia de 1 KHz para a estimulação motora e 4 KHz para a estimulação sensorial ou controle da dor, ou seja, a corrente é aplicada em uma intensidade que o paciente aguente.

Contraindicações

Portadores de marca-passo, problemas cardíacos, hipertensão ou hipotensão não controlada, problemas renais e varizes são contraindicados a fazer esse tipo de tratamento.

Grávida pode fazer?

A aplicação da corrente aussie é contraindicada durante a gravidez, pois ainda não está provado através de estudos científicos que o tratamento não oferece risco às gestantes e ao bebê.

Antes e depois da Corrente Aussie

Ao estimular a contração dos músculos estriados, a corrente aussie melhora o tónus muscular, ajuda a remodelar o corpo, melhora a circulação sanguínea e linfática, melhora a celulite e a redução de medidas.

Compare a Corrente Aussie com Corrente Russa

As duas correntes são correntes alternadas e de média frequência. O que diferencia as duas correntes são as frequências usadas por cada uma e a duração do pulso. Pesquisas científicas demonstram que os parâmetros terapêuticos adotados pela corrente aussie reduzem a fadiga muscular e o desconforto gerados pela estimulação, tornando-se numa terapia mais eficaz e confortável para o paciente do que a corrente russa.

Alie a corrente aussie com...

Alimentação balanceada Os resultados desse tratamento são muito maiores se o paciente se alimentar bem, reduzindo fatores que aumentam a concentração de gordura localizada, como frituras, açúcares e gorduras saturadas. Além disso, reduzir a quantidade de sódio, por exemplo, ajuda muito a diminuir a retenção de líquidos. E o sódio não está presente apenas no sal, ele é muito comum os alimentos industrializados, mesmo os doces como biscoitos recheados, sucos em pó e refrigerantes.

Atividade física regular Não adianta, aumentar a quantidade de atividade física sempre será indicado quando o assunto é saúde e um corpo mais bonito. O uso dos músculos facilitará a manutenção dos resultados da corrente aussie, pois o tratamento cria uma força que logo será perdida, se o músculo não for utilizado depois em um exercício.